Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  PPAULO
E-mail:  não-disponível
Data:  18/JUL/2007 11:19 PM
Assunto:  pronuncia
 
Mensagem: 

    Janaína, não existe respostas simples para perguntas simples.

   O que eu quero dizer é, quando a pergunta é muito simples desconfie que o assunto não é tão simples assim; senão, não faríamos perguntas sobre ele. Afinal, não está na cara? Não parece tão fácil?

    Até os especialistas divergem sobre o uso de palavras, sobre a gramática de suas línguas, signifados etc.

    Por exemplo, pronúncias têm uma variedade de fatores; quais sejam a cultura do falante, as origens, taboos, evitar silabadas, duplos sentidos etc.

     Em português nós vemos as pessoas brincando dizendo "Se nevasse aqui tu usava esqui?" falando rapidamente e o ouvinte desatento fica pensando que a pessoa fala russo por causa dos sons tipo "sk".

     Nós temos influências de várias línguas, tivemos antepassados que aprenderam com espanhóis (o Brasil já foi uma colônia do consórcio Portugal-Espanha lembra?), embora por pouco tempo.

      Temos também influências africanas, nem preciso comentar.

      Influência francesa; muita gente lê o nome de bairro de João Pessoa ´Baiêucs´ quando é ´Baiê´, claro que o pessoal que mora lá lê certo.

       Influência indígena, palavras como ´mandioca´ ´assu´ e o próprio carioca cari - branco,   oca - casa que significava casa de branco, ou casa branca como dizem alguns.

       Até palavras vindas dos árabes ´assassino´ (comedor de haxixe, se não me falha a memória, era o significado original)

       Então, a primeira coisa em linguagens é aceitar elas como elas são, e com o tempo a gente se aprofunda na história das palavras e dos sons etc, isso facilita bastante.

        Por exemplo, numa aula em que estava uma pessoa bloqueou a mente para o aprendizado (embora ela própria não percebesse) por que topava na pronúncia de

frases como "I met you", como se sabe isso gera um certo duplo sentido em português, digo, o som da palavra "mét".

         Se a pessoa aceitasse a língua como ela é, não ignoraria (repito, embora a pessoa não saiba que tinha um tabu).

          Isso acontece também com símbolos e linguagem corporal, exemplo: o símbolo de OK pra um americano (ou até para quem mergulha, aqui mesmo no Brasil) é perfeitamente aceito; mas grande parte das pessoas no nosso país pensaria diferente; iria fazer de conta que não viu pra não se ofender; na turquia seria pior a pessoa tomaria o símbolo como uma ameaça de morte.

           Meu conselho é, leia sobre a cultura do país que você quer aprender a língua e aceite certas coisas que acontecem (lá) como certas.

           Como diz o ditado, When in Rome do as the Romans do (Em Roma faça como os romanos fazem).


Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
pronuncia  –  janaína de moura  16/JUL/2007, 11:59 PM
pronuncia  –  José Roberto  17/JUL/2007, 10:23 AM
 pronuncia  –  PPAULO  18/JUL/2007, 11:19 PM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K