Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  Fran
E-mail:  não-disponível
Data:  25/FEV/2010 12:30 PM
Assunto:  Caveat emptor (para "Opinião" et al)
 
Mensagem:  Sid,

É importante o seu feedback pois você é sincero.

Sobre o exemplo da palavra broom é interessante notar a tentativa de marketing de venda de curso.

Tem uma expressão originária do latim que é usada em inglês americano, talvez seja usada no Canadá também mas não tenho certeza, caveat emptor, do latim  [Latin, Let the buyer beware.] A warning that notifies a buyer that the goods he or she is buying are "as is," or subject to all defects.

Em geral as pessoas querem atalhos, ou acreditam em promessas mirabolantes e são terreno fértil para os marketeiros dispostos a empurrar um produto e pegar o dinheiro da pessoa sem dó nem piedade.

Concordo 100 % and plus com você e digo também que aprender inglês honestamente falando é tarefa que exige empenho e esforço pessoal, e também coletivo, contando com a ajuda e suporte mútuo de pessoas interessadas.

Conheço pessoalmente um rapaz que aprendeu inglês e desenvolveu um nível avançado de fluência até então sem sair do Brasil, entre 6 a 9 meses de curso, mas foi uma circunstância especial.

Além do curso regular de 2 horas por semana ele também estudava sozinho todos os dias da semana, se reunia sempre com o professor de inglês, e ao mesmo tempo fazia aula particular, e nos finais de semana reunia os amigos para traduzir músicas, ensinar o que havia aprendido.

Este é um caso não tão comum mas é interessante.

Eu poderia citar o nome da pessoa mas prefiro não mencionar por ética e respeito pela pessoa.

Trata-se de uma pessoa que teve um desafio muito grande na infância, fisicamente falando, e decidiu sempre superar-se. Era uma pessoa considerada difícil de se lidar e com o passar dos anos foi se tornando um pouco mais maleável.

Ele trabalhava com um produto que estava se tornando obsoleto, trabalhava sozinho, era um artesão e artista. Certo dia decididiu que queria mudar de carreira e escolheu ser professor de inglês. Decidiu antes de começar o curso que o objetivo era aprender inglês para ser professor.

Isso foi por volta de 1996, essa pessoa dedicou todo o ano de 1996 ao aprendizado do inglês, estudou quase que todos os dias do ano eu acredito e no mesmo ano foi convidado a começar a dar umas aulas no nível iniciante de um curso do Senac numa cidade pequena.

Em 1997 já com um nível avançado de fluência foi e fez um intercâmbio de 2 meses em Londres, e desde então faz 12 anos que é professor de inglês e hoje é diretor de um centro de línguas no principal colégio particular na cidade onde mora, casou, e cursa Pedagogia.

É uma pessoa que transformou um grande desafio físico e estético devido a um acidente na infância e se superou, escolheu se superar.

O detalhe interessante é que ele buscou uma escola independente que oferecia flexibilidade e onde o aluno era mais importante que o método.

Como se diz em inglês, arrangements were made para que o curso fosse orientado à necessidade dele.

A primeira professora do curso foi trocada porque ele não se adaptou com a professora, o nível dela estava aquém da visão que ele tinha de um professor(a), um novo professor foi colocado para ele, rapport foi criado com o professor, e o restante é uma história de sucesso.

Vejamos, este conhecido meu, dedicou no mínimo 300 horas de envolvimento com o inglês em 9 meses de curso e estudo pessoal até viajar a Londres, onde se matriculou e cursou uma escola de 3 horas diárias durante 8 semanas, totalizando 120 horas de curso formal mais a imersão diária no idioma.

300 horas em 9 meses no Brasil + 120 horas de curso em Londres + imersão diária durante 8 semanas.

Estou calculando 1 hora por dia, todos os dias da semana, durante 9 meses mas no mínimo ele fez mais do que isso.

Conversação ele tinha no mínimo 4 horas por semana, sendo 2 no curso regular, e mais 2 horas com professor particular.

Quem gostaria de se tratar com um médico que estudou 120 horas e pronto, pegou o certificado de médico!?

Ou quem voaria com um piloto que tirou 180 horas apenas de leitura de planos de voô.

Em geral as escolas mais bonitas e mais caras tendem a ter mais alunos, por que será!? 





Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
WISE UP  –  Jonas - business executivo WISE UP / YOUMOVE  21/FEV/2010, 4:35 AM
WISE UP  –  José Roberto  21/FEV/2010, 8:37 AM
Subject rehashed...  –  PPAULO  21/FEV/2010, 8:41 AM
Subject rehashed...  –  PPAULO  21/FEV/2010, 8:50 AM
WISE UP  –  Alo alo cambio  21/FEV/2010, 9:44 AM
WISE UP  –  Josi  21/FEV/2010, 12:24 PM
WISE UP  –  Paulo S  22/FEV/2010, 1:26 PM
WISE UP  –  CRS  22/FEV/2010, 2:38 PM
WISE UP  –  PPAULO  22/FEV/2010, 11:09 PM
WISE UP  –  Paulo S  23/FEV/2010, 12:47 PM
WISE UP  –  PPAULO  23/FEV/2010, 8:49 PM
WISE UP  –  Opinião  23/FEV/2010, 10:33 PM
WISE UP  –  José Roberto  24/FEV/2010, 12:37 AM
para "Opinião" et al  –  Fran  24/FEV/2010, 2:43 AM
2 - para "Opinião" et al  –  Fran  24/FEV/2010, 2:52 AM
para "Opinião" et al  –  Sidney.  24/FEV/2010, 5:31 PM
 Caveat emptor (para "Opinião" et al)  –  Fran  25/FEV/2010, 12:30 PM
Caveat emptor (para "Opinião" et al)  –  Sidney  25/FEV/2010, 1:36 PM
Caveat emptor (para "Opinião" et al)  –  Fran  25/FEV/2010, 1:53 PM
Caveat emptor (para "Opinião" et al)  –  Sidney  25/FEV/2010, 2:37 PM
como aprender uma língua estrangeiro  –  Fran  25/FEV/2010, 3:07 PM
como aprender uma língua estrangeiro  –  Sidney  25/FEV/2010, 3:52 PM
to Sidney, ( como aprender uma língua ... )  –  Fran  25/FEV/2010, 10:35 PM
to Sidney, thanks a lot for sending it  –  Fran  01/MAR/2010, 6:39 PM
WISE UP  –  Aman  03/MAR/2010, 11:49 PM
WISE UP  –  GGT  22/DEZ/2010, 6:24 PM
WISE UP  –  Will  18/MAI/2010, 9:43 PM
WISE UP  –  Profissional recém selecionada para a Wise Up que  05/SET/2010, 12:30 AM
WISE UP  –  Jonas silva  14/NOV/2011, 11:38 AM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K