Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  Nel
E-mail:  não-disponível
Data:  01/MAR/2010 4:50 PM
Assunto:  to Marceli, a rodinha que usei
 
Mensagem:  "Interessante. E qual a rodinha que você usou para aprender a sua primeira língua?"

Nel,

Meus pais certamente, foram a minha bicicleta com aquelas duas rodinhas, a atenção que eles me deram, falaram minha língua materna comigo, tiveram paciência, me motivaram, me encorajaram, as crianças dos vizinhos que brincaram comigo, os amigos de família que me pegaram no colo, brincaram, riram de mim também durante meus erros e acerto com a fala.

A TV também teve papel fundamental, nasci nos anos 70 e assisti Vila Sésamo diariamente na infância, os sons que ouvi, as músicas, os passeios, as revistas e livros que folheei sem saber o que diziam e eu ativava minha imaginação achando que sabia o que estava escrito.

Depois de 4 ou 5 anos nesse processo diário, meu vocabulário e habilidade de falar e entender já estavam bastante atividades, ainda há que notar que algumas pessoas são mais falantes que outras e eu era do tipo mais falante.

Há também que ressaltar as influências que recebi enquanto no ventre de minha mãe.

Tudo isso é neurociência, não há como provar como a fala ocorre, nem línguistica e nem neurociência nos prova.

Eu sinceramente vou mais pelo caminho da neurociência que engloba muitos aspectos da ciência do que simplesmente pela psicologia cognitiva.

Porém note que após eu ter sido treinado a falar e a me expressar pelos meus pais e por todo o sistema ao redor deles, mesmo sendo um falante nativo da língua mãe fui matriculado na pré-escola com 6 anos e fiquei na escola normal até meus 17 anos.

Foram 12 anos em escola normal e mais 5 anos de preparação antes de começar meu primeiro curso que foi a pré-escola onde a expectativa era que eu aprenderia a ler e me saíria melhor na primeira série do antigo primário.

17 anos para chegar em algum nível de conhecimento e estar pronto a começar um curso pré-vestibular para então poder prestar um vestibular e começar uma faculdade.

Será ambiguo o contraste entre aprendizado da língua mãe e a capacitação de um aluno na segunda língua, na língua estrangeira em relação tempo de preparação e fluência?

Se for para aprender única e exclusivamente assim como uma criança aprendeu sua língua nativa quanto tempo você propõe que tal aprendizado levaria para que um aluno
comece a ter autonomia na língua estrangeira? Quanto tempo realmente até estar pronto a falar e entender como fala e entende um falante nativo?

Sejamos sinceros e honestos livres das máscaras acadêmicas que os trabalhos e pesquisas universitárias nos fazem utilizar até mesmo  falamos no "jargonês" de nossas profissões e assim defendemos nosso campo no mundo.

Você tem como, sem me pedir para ler páginas neste website que admiro muitíssimo, citar ao menos 5 exemplos de pessoas que você conhece que aprenderam inglês como língua estrangeira seguindo Chomsky, Krasher, e outros linguístas, tem como realmente passar para o campo da prática e elaborar sobre resultados que você mesmo tenha vista, ou está atrelado à teoria sem poder nos dar exemplos práticos, empíricos, da aplicação da teoria e da psicologia cognitiva?

Nos dê exemplos práticos, nos relate algumas experiências de sucesso, de pessoas que aprenderam outro idioma e nos conte em quanto tempo e como fizeram, se for para ser de utilidade, este é nosso papel neste fórum, citar exemplos de sucesso que possam inspirar outras pessoas a seguir o mesmo caminho.



Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
O inglês que nos fez falhar?  –  Critic  27/FEV/2010, 5:27 PM
O inglês que nos fez falhar?  –  GrupoMulti  27/FEV/2010, 5:53 PM
O inglês que nos fez falhar?  –  Harina de una misma bolsa  27/FEV/2010, 6:30 PM
O inglês que nos fez falhar?  –  Marceli Fabri  27/FEV/2010, 9:09 PM
para: Marceli Fabri  –  Nel  28/FEV/2010, 3:20 PM
para: Marceli Fabri  –  Critic  01/MAR/2010, 12:09 AM
para: Marceli Fabri  –  José Roberto  01/MAR/2010, 12:27 AM
para: Marceli Fabri  –  Critic  01/MAR/2010, 12:50 AM
para: Marceli Fabri  –  Critic  01/MAR/2010, 1:12 AM
to Critic ... Logial Fallacy  –  Nel  01/MAR/2010, 4:55 AM
to Critic ... Logial Fallacy  –  Critic  01/MAR/2010, 11:39 AM
to Nel ...   –  Marceli Fabri  01/MAR/2010, 8:27 AM
 to Marceli, a rodinha que usei  –  Nel  01/MAR/2010, 4:50 PM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K