Página inicial


O que significa "aprender Inglês"?

Assim como você pode ser um bom motorista sem saber qual é a diferença entre um motor diesel e outro a gasolina, assim como conseguimos nos expressar bem em português sem sabermos o que é uma oração subordinada, você pode também aprender a falar línguas estrangeiras sem ter que estudá-las.

A expressão "aprender inglês" está tão batida e surrada, que já não tem um significado muito claro e não resiste a uma análise mesmo superficial.

No 1° caso acima, "aprender inglês" significa armazenar informações e conhecimento a respeito da estrutura gramatical da língua na sua forma escrita predominantemente.

No 2° caso, significa marchar no compasso de um plano didático predeterminado, memorizando vocabulário, frases e expressões de forma mecânica ou repetitiva em contextos fora da realidade do aluno. O pensamento continua a se estruturar nas formas da língua materna, e o esforço é todo dirigido a traduzir rapidamente. O aluno dificilmente alcançará espontaneidade na comunicação.

No 3° caso, significa desenvolver habilidade funcional. É o que a linguística moderna denomina de language acquisition - assimilação natural. É um processo equivalente ao de assimilação da língua materna pelas crianças. É reaprender a estruturar o pensamento, desta vez nas formas de uma nova língua. Usa-se mais os ouvidos do que os olhos e cada um desenvolve de acordo com seu próprio ritmo, num processo que produz habilidade prática, comunicação criativa, e não necessariamente conhecimento. É comportamento humano, fruto de convívio, de situações reais de interação em ambientes da cultura estrangeira. O aprendiz é protagonista e não espectador, e sua realidade faz parte do contexto em que a comunicação ocorre. O aprendizado é resultado de um processo de relacionamento que ocorre num plano pessoal-psicológico entre quem transmite e quem assimila e onde o foco principal é sempre o ato comunicativo e a língua-alvo apenas seu instrumento.

Portanto, quando pensamos em "aprender inglês" precisamos entender exatamente o que queremos para saber onde buscá-lo.

Como aprender Inglês

Momento e lugar são os dois principais fatores determinantes. Quanto ao lugar, há dois caminhos: no exterior ou no Brasil. Quanto ao momento, pode variar desde a infância, até a terceira idade.

Sem dúvida, no exterior o aprendizado é mais eficaz, mas em muitos casos demasiadamente caro ou inviável por outros motivos. Já no Brasil, as possibilidades de aprendizado eficaz são mais escassas e há necessidade de mais cuidado na escolha.

Quanto ao momento, quanto antes melhor. A assimilação de línguas é um processo paralelo ao desenvolvimento cognitivo da pessoa. O ser humano perde gradativamente a facilidade de assimilar línguas à medida que se desenvolve e amadurece.

As situações descritas abaixo representam, por ordem de preferência, aquelas que proporcionam aprendizado máximo (mais rápido e mais completo).

No exterior

No Brasil