Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  Ricardo - EMB -
E-mail:  emb@sk.com.br
Data:  27/ABR/2003 1:17 PM
Assunto:  Re: Ainda sobre motivação
 
Mensagem:  Prezada Marina,

Você certamente tem razão quando diz que a desmotivação é sempre causada por fatores externos. É isto que realmente se observa no ensino atual de inglês: salas de aula com muitos alunos, professores com proficiência limitada, cobrança através de exames de avaliação com questões truculentas que nada avaliam, repetição oral mecânica, etc. Fatores desmotivadores podem ser observados na rede de escolas de ensino médio, onde o ensino de inglês, ficou encalhado no método de tradução e gramática do início do século e nos cursos particulares franqueados, que ficaram encalhados no método audiolingüístico dos anos 60.

Observa-se facilmente, por outro lado, a ocorrência natural de motivação para o aprendizado de línguas, independente de idade. A pessoa que tiver oportunidade de ter contato com a língua estrangeira em situações reais de comunicação, em ambientes autênticos dessa língua e de sua cultura, onde a língua está presente como meio de interação e não ausente, ministrada em doses pequenas e amargada pela repetição mecânica descontextualizada, ou pela dissecação gramatical, vai certamente alcançar fluência.

O caso do Jonas é bastante ilustrativo. Permita-me aqui transcrevê-lo novamente:

"Mas quando vim para cá pra morar e trabalhar, percebi como não era fluente em inglês, principalmente na parte oral. A minha motivação meio que baixou um pouco, eu me sentia frustrado. Como trabalho com informática, praticamente não conversava com meus co-workers. Mas com o tempo fui fazendo amizades e hoje acho que desenvolvi bastante."

Depois de 12 livros, cumprindo diligentemente a receita prescrita pelo curso, reprimindo a desmotivação com força de vontade, descobre ao chegar no ambiente de língua e cultura inglesa que não havia alcançado o objetivo principal. A desmotivação que ele sentiu foi uma espécie de efeito retardado, que outros, com menos força de vontade, não conseguem reprimir por tanto tempo e desistem antes do Livro 12. Só a partir do momento em que ele constrói um círculo de convívio humano, num ambiente autêntico, com situações reais de comunicação, é que ele reencontra motivação e alcança seu objetivo.

Em vez de nos preocuparmos em motivar nossos alunos, talvez devêssemos nos esforçar mais para não desmotivá-los. Se não pudermos despertar neles a motivação natural para o aprendizado de línguas, subjacente em todos, pelo menos cuidemos para não destruí-la e sim preservá-la para quando encontrarem a oportunidade certa.

Ricardo


Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
Ainda sobre motivação  –  Marina  27/ABR/2003, 12:46 PM
 Re: Ainda sobre motivação  –  Ricardo - EMB -  27/ABR/2003, 1:17 PM
Re: Ainda sobre motivação  –  Leticia  30/ABR/2003, 12:13 PM
Re: Ainda sobre motivação  –  Marina  31/MAI/2003, 10:03 PM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K