Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  pat
E-mail:  não-disponível
Data:  22/JAN/2006 11:38 AM
Assunto:  Uma poema (real)
 
Mensagem:  Aqui eh uma poema eu escrevi por minha aula do Port.

Eu quero saber: faz qualquer sentido por o falante-nativo? Fax favor, da-me suas criticas, se gostariam.

                           Sem Conhecimento

A cachorra e eu fomos para um anda,
     uma perambula no floreste do inverno,
O vento frio queimeu minha cara, e sussarreu
    o pele da cachorra, mas ela pagou-se nao mente,
O junto atrevassamos um regao secreto, sem conhecimento
     de homem,
Aonde lagos poquenhos mostreu entre os arvores como
    chapas de chumbo embaixo um ceu blanco,
nos contendamos atraves de um matragal e viemos
    a um declive de grandes pinhos,
como enesperado como a veadu que saltou entre-los,
Nos viemos finalmente a um campo franzeu por colinas,
     e espiamos distante no utro lado da grama amerelado,
Uma fazenda velha, poquenha e abandonado como ossos preservado,
     e o conhecimento de homem voltou.


Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
 Uma poema (real)  –  pat  22/JAN/2006, 11:38 AM
uma poema (real)  –  Jeffy  22/JAN/2006, 12:11 PM
uma poema (real)  –  Dale/RS  22/JAN/2006, 12:40 PM
Uma poema (real)  –  Márcio Osório  23/JAN/2006, 9:49 AM
Uma poema (real)  –  pat  23/JAN/2006, 9:57 AM
Uma poema (real)  –  Márcio Osório  23/JAN/2006, 10:08 AM
Uma poema (real)  –  Jeffy  23/JAN/2006, 10:17 AM
Uma poema (real)  –  Dale/RS  23/JAN/2006, 1:19 PM
Uma poema (real)  –  pat  24/JAN/2006, 10:32 AM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K