Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  Rafael
E-mail:  world_learner@terra.com.br
Data:  01/ABR/2006 7:51 PM
Assunto:  Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta
 
Mensagem: 

Olá, pessoal !

 

Em vez de vocês fazerem a versão do texto abaixo da forma de vocês, eu gostaria que vocês corrigissem meus erros gramaticais e escolhessem as palavras mais apropriadas. Se quiserem dar a versão de vocês, será bem-vindo, se derem apenas a versão de vocês e não fizerem a correção de meus erros, será menos eficaz do que se corrigissem meus erros. Quem puder, eu agraço antecipadamente.

 

Hi, folks !

 

Instead of you do the version of the below text in the way of you, I would like that you corrected my grammatical mistakes and picked up the words more adequate.  If you wanted to do the version of you, it will be welcome, if you gave only the version of you and did not do the correction of my mistakes, it will be less efficacious than if you corrected my mistakes. Who could do that, I thank in advance.

 

Obs: Eu ficaria muito satisfeito se corrigissem também o comentário acima.

 

Obs: I would be very satisfied if you corrected either the comments above.

 

 

 

 

                                      A águia e a seta

 

Uma águia pousada num penhasco olhava com muita atenção para todos os lados procurando uma presa. Um caçador, escondido numa fenda da montanha e em busca de caça, viu a águia lá em cima e lançou uma seta. A haste da seta penetrou no peito da águia e atravessou seu coração. Pouco antes de morrer, a águia fixou os olhos na seta:

- Ah, sorte ingrata! – exclamou. – Morrer desse jeito... Mas o mais triste é ver que a seta que me mata tem penas de águia!

Moral: As desgraças para as quais nós mesmos contribuímos são duplamente amargas.


                          

                           The Eagle and the Arrow

 

A eagle rest on a crag would look with very attention all over sides looking for a capture. A hunter, hidden in a shake of mountain and in search of capture, saw the eagle upstairs and threw a arrow. The staff of arrow break through the eagle` chest and crossed its heart. A few time before its death, the eagle stared (or gazed?) its eyes at arrow:

“Ah, ungrateful destiny!,” he cried, “To die in this way … But the most sorrow is to know that the arrow that kill me has eagle’s feathers.”

Moral: The misfortunes to which we even contribute are doubly bitter.


Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
 Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Rafael  01/ABR/2006, 7:51 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Dale/RS  01/ABR/2006, 10:48 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Rafael  02/ABR/2006, 5:37 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Dale/RS  02/ABR/2006, 7:49 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Rafael  03/ABR/2006, 9:09 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  pat  03/ABR/2006, 7:39 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Marcio Osorio  01/ABR/2006, 11:05 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  pat  02/ABR/2006, 9:11 AM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Dale/RS  02/ABR/2006, 11:03 AM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  pat  02/ABR/2006, 1:51 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Marcio Osorio  02/ABR/2006, 5:02 PM
Version of a Esopo`s fable: A águia e a seta  –  Rafael  02/ABR/2006, 5:38 PM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K