Fórum EMB de Discussões
[  EMB's Main Menu  |  Forum Index  |  Cadastro  |  Search  ]
   
ENGLISH
PORTUGUESE
 LINGUISTICS & CULTURE


Autor:  José Roberto
E-mail:  josezambon@merconet.com.br
Data:  07/SET/2003 1:34 PM
Assunto:  Para Carmen
 
Mensagem:  Cara Carmen Veja que engraçado, o "Brazilian English" às vezes é percebido como interlíngua, transferência de matrizes portugueses às inglesas e etc. Do outro lado da moeda, eu li em um livro sobre a aceitação do "Japanese English", ou seja, até que ponto é aceito o papel de 'native speaker' e de que tipo de 'native speaker' estamos falando? Lembro-me de uma pessoa que postou uma mensagem aqui sobre o inglês da Índia, a Índia foi colônia britânica até 1948 e poucas pessoas falam inglês lá (se levarmos enconta a população do país), qual que seria o problema com o inglês hindu? Na verdade vivemos ainda com o foco dos países do "inner circle" (EUA, Grã-Bretanha, Austrália e Nova Zelândia). Sobre crianças, é fato que elas aprendem e internalizam ao que são espostas, daí o instrutor teria que ser 'native speaker' ou quase, porém, como se deu o processo de aprendizagem do inglês em várias colônias africanas? A pergunta que fica é: até que ponto este "desvio" não se tornaria no futuro um dialeto regional do inglês? No final de contas, será que isso é tão ruim? O que temos aqui é o ideal e nossas mentes e esforços sempre se viram para o modelo ideal, porém, o ideal nem sempre (aliás, na maioria das vezes) não é o real e quando abordamos este aspecto chegamos ao que você fala, é a vontade e o interesse do aluno que determina o que ele vai aprender (ou adquirir), semprer falo aos meus alunos, "eu não sou o único modelo de inglês que vocês devem ouvir ou simplesmente ouvem", mesmo involuntariamente acabamos por ter contato com outros falantes (inclusive estrangeiros) através de filmes, música, documentários na TV, no nosso trabalho, o mesmo se dá com a nossa língua; a gente não aprende português só ouvindo uma pessoa, mas as várias pessoas de nosso convívio é que acabam por formar a nossa fala. Quanto ao fato de não ser bem compreendido, bem, nem todos são simpáticos e aceitam diferenças tào bem, mesmo uma pessoa do interior de São Paulo como eu quando vai à capital encontra diversas reações, de curiosidade até satirização (que caipira....) isso acontece em nosso ambiente de língua mãe e devemosd ser preparados para encontrar 'sympathetic natives' ou não. José Roberto


Envie uma resposta
Índice de mensagens


 English Made in Brazil -- English, Portuguese, & contrastive linguistics
Situação da Língua Estrangeira no Brasil  –  Daniela  04/SET/2003, 6:33 PM
Re: Situação da Língua Estrangeira no Brasil  –  carmen  06/SET/2003, 8:28 PM
 Para Carmen  –  José Roberto  07/SET/2003, 1:34 PM
Re: Para Carmen  –  Carmen  08/SET/2003, 5:17 PM
Re: Para Carmen  –  Lu  16/SET/2003, 2:01 PM
Re: Situação da Língua Estrangeira no Brasil  –  Justin H  10/SET/2003, 5:39 PM

Contents of this forum are copy-free.
By S&K