English Made in Brazil
---------     E  D  U  C  A  T  I  O  N  A  L     S  I  T  E    ----------
 ----------------------------------------------------------------------------------
Schütz & Kanomata - ESL
NATIVE SPOKEN ENGLISH
 PATROCINADOR
 

ARQUIVO 18 - PERGUNTAS  E  RESPOSTAS  DE  JANEIRO A MARÇO 2002

Este foro é aberto ao público. Todos são convidados a perguntar, questionar, divergir, opinar, ou esclarecer. Mande suas consultas e opiniões para um dos endereços abaixo e nós responderemos com a maior brevidade possível. As mensagens de interesse geral, juntamente com as respostas, serão publicadas com o nome do autor. Consultas em inglês serão respondidas em inglês; consultas em português serão respondidas em português. Respostas já publicadas podem sofrer revisões.

As opiniões aqui emitidas não são de responsabilidade do patrocinador deste site.

Conheça aqui a equipe do English Made in Brazil

Q#467: Macetes para o TOEFL
Boa Tarde, Na seção de perguntas e respostas de sua página, na resposta da questão 199 você citou que existem alguns macetes do TOEFL. Se possível gostaria que você me enviasse tais macetes. Vou aproveitar para lhe perguntar se o TOEIC tem um bom reconhecimento, comparado ao TOEFL.
Obrigado, Eng. Tony Youssif Teixeira Darido <tdarido*hotmail.com> March 29, 02

Q#466: Difference between SLA e FLA
Ricardo,
We would like to know the difference between Second Language Acquisition and Foreign Language Acquisition. Please, send it as soon as possible, because we need to write a paper on it. Thanks!
Regards, Tatiana and Luciana <luciana-alvarenga*bol.com.br> March 29, 02

Q#465: Ensino de idiomas a crianças
Prezados Senhores,
Meu nome é Gislaine, sou professora, pedagoga e estou cursando Psicopedagogia. Tenho formação em Língua Espanhola e iniciei há um ano o curso de Língua Inglesa. Estou agora desenvolvendo uma pesquisa quanto à alfabetização em dois idiomas, ou seja, sobre o que muitas escolas estão fazendo: alfabetizando crianças a partir de 4 anos em inglês. Reconheço e admiro esse trabalho, mas muito me preocupa a prontidão da criança e as distorções que tal aprendizagem pode ocasionar até mesmo quanto ao engrandecimento desse idioma em detrimento da língua materna.
Por favor, gostaria de ter indicação de algum material que explanasse mais sobre esse assunto, até mesmo para que pré-conceitos não interfiram na minha pesquisa. No aguardo! Gislaine <giolivei*smarcos.br> Mar 20, 02

Q#464: Estrangeirismos no português
Olá,
Gostaria que vocês me ajudassem com alguns subsídios, se possível. Com relação ao assunto estrangeirismos - aportuguesamento de certos verbos da língua inglesa tais como: surf = surfar, xerox = xerocar etc. Ou então se você conhece algum site relacionado a esse assunto. Carlos Ney <ney*cybersystem.com.br> Mar 16, 02

Q#463: As preposições do inglês
Ilustres professores,
Estou iniciando os estudos da língua inglesa e tenho uma grande dificuldade nas preposições. Poderiam, por gentileza, listar para mim todas a preposições do inglês ou informar em qual parte do site posso encontrá-las?
Grato. Gilberto <jh.compr*zaz.com.br> Mar 11, 02

Q#462: Ser e estar
Olá Ricardo e Cia,
Moro na Áustria e estou com uma dúvida cruel: como posso explicar para um falante de língua alemã a diferença entre Ser e Estar, já que, tanto no inglês quanto no alemão, o verbo "to be" ou "sein", respectivamente, têm para nós, falantes de Português, dois significados?
Outra coisinha.... Sou uma falante da língua inglesa com falhas (o que é uma pena). Gostaria muito de corrigir meus "mistakes". But how?! Até que para escrever eu me arranjo, mas para falar ....., é um desacordo: não uso o "Present Perfect" nem mesmo o "Simple Past" quando é para ser usado (embora conheça a gramática). Meu pensamento é mais lento do que minha conversa. Qual sua orientação a respeito?
Forte abraço à toda equipe. Gislene Schürhoff <gisno*direkt.at> Mar 10, 02

Q#461: Quantas palavras tem no inglês e no português?
Estou começando um curso de inglês e foi levantada a seguinte questão na sala de aula: Quantas palavras aproximadamente existem na língua portuguesa e na inglesa? Gostaria de saber o número aproximado de palavras.
Atenciosamente. Renato Cesar Misael Filho <RENATOCMF*klabinpr.com.br> Mach 8, 02

Q#460: A ship going the wrong way
Hello, My name's Aliandra Barlete, 19. I live and study in Santa Maria-UFSM. Although I am amazed with this wonderful site of yours, I am not writing just to congratulate you for it . I've been through a not-so-good situation as an English teacher here in Santa Maria, and I would like to hear your personal opinion about it. I worked in a school for 6 months, teaching from teens to adults, and I thought I was doing a good job; I felt my students motivated and confident, we had great time during the classes, they understood the exercises, didn't miss class, homework done, and tried to use English every time they could. However, I was mistaken. There was an evaluation among one group and when I got the results I was shocked. The interviews were made through the phone. I remember the students had to choose from 1 to10 - I got 5, and say positive and negative points. But I believe the good point I heard was they were going to stay in the school. The one who made these interviews told me I brought too many extra material, talked by myself (can you believe that?), wasn't trained by them, was too young and had no experience. Of course I am young, I was 18 last year, and that was my first job as a teacher. And this evaluation scared me so much that now I'm feeling insecure to teach on a project at UFSM - CELS. I wonder if you could help me somehow, or just indicate me some references to read. Thank you so much for your attention. Faithfully yours, Aliandra Barlete <ally_aliandra*hotmail.com> March 6, 02

Q#459: Mauricinho e patricinha
I have just found this page and it seems fine to me, I'd like to have a similar expression to the Brazilian ones "Mauricinho" and "Patricinha" , I was told by an American that the term "rich brat" could fit but it sounds inferior to the sense and besides, it's genderless. Could you clear this out for me? Thanks a bunch. Anna Revoredo from Bragança Paulista <arevoredo*ig.com.br> Feb 23, 02
Dear Anna,
You can use the expression "teeny-bopper", which means a young teenager, especially a girl, who keenly follows the latest fashions in clothes and pop music.
But in my opinion the Portuguese expressions have a wider meaning, including 2 concepts:
1) lack of skepticism in the sense that such a person is easily influenced - a copycat, - somebody that goes with the crowd.
2) frivolousness and implied upper middle class status by dressing like others and going to fashionable places.
Therefore I suggest you explain using the words: he/she is a frivolous rich brat that goes with the crowd.
Regards, Harry (New Zealand), Liz (Canada), Josh (US) & Ricardo - EMB

Q#458: Aprendendo inglês no exterior
Olá Ricardo, tudo bem? Estou em Londres estudando inglês e uma amiga me passou esse site para consultas e esclarecimentos. Gostaria de lhe dar os meus sinceros parabéns, mais um, já que uma pessoa talentosa como você deve receber esse tipo de declaração todos os dias. É muito difícil encontrar uma pessoa que esteja disposta a colaborar com o País a tal ponto de criar um site como este, completo e grátis. Bem, a minha pergunta é a seguinte: Tenho um amigo que não fala português e sim espanhol e está com algumas dificuldades em aprender o inglês. Por acaso você teria um site parecido com esse mas em espanhol para que eu pudesse indicar ao meu amigo? Fico, desde já, muito agradecida. Um grande abraço. Cristiane Dark Lopes <crisdark2001*hotmail.com> Feb 20, 02

Q#457: Abrindo uma escola independente
Professor, confesso que fiquei "assustado" quando visitei teu site. Descobri que estou anos luz de ser um bom intrutor de inglês.
Sempre tive uma grande facilidade com idiomas e sou intrutor de inglês há dois anos. Tenho apenas 18 anos, estudei nas escolas "receita de bolo" aqui no Brasil e estudei em uma escola ESL nos EUA (ELS Washington, DC) durante um mês. Pesquiso muito sobre pedagogia e técnicas de ensino de idiomas. Ano passado (pode me chamar de louco), montei uma escola de inglês, pois já dava aulas particulares. No começo deste ano aboli livros como Interchange, etc. Utilizo livros de gramática com alguns alunos, mas passei a me apoiar mais na didática pessoal do que em receitas prontas. Gostaria de um conselho, o que eu faço? Continuo nesta empreitada ou desisto? Como faço para me tornar um bom ESL teacher sem me ausentar do Brasil por mais de 2 meses. Nossa escola possui uma proposta diferenciada, de cursos populares, para pessoas de baixa renda. gostari de um conselho para como "profissionalizar" mais nossa pequena escola. Ficarei grato com tua resposta. Tiago Baptista Miralha <tiagomiralha*bol.com.br> Feb 23, 02

Q#456: Como lecionar inglês na escola
Amigos, acabo de entrar numa fria...aceitei o convite para lecionar inglês numa escola pública onde o material disponivel é: giz, apagador e quadro negro. O que faço? Por onde começo? Como despertar o interesse de meus alunos que nunca tiveram aula de inglês? Um abraço, Rodrigo Palhares <rodrigopalhares*yahoo.com.br> Feb 18, 02

Q#455: Tradutor juramentado
O que vem a ser um tradutor juramentado, quais os pré-requisitos em inglês e qual é sua área de atuação?
Muito obrigada. Ana Claudia <ignezjr*ig.com.br> Feb 19, 02

Q#454: Exercícios de gramática em Portugal
Caros senhores;
Sou uma aluna da escola superior da educação de Portalegre, Portugal. Estou no 3º ano do curso de português / inglês via ensino. Foi-me pedido por um professor da disciplina de seminário de inglês que fizesse um trabalho reletivamente a algumas actividades de ensino do inglês, como "filling the blanks"; "multiple choice"; "true or false". O objectvo deste trabalho consiste em falar destas actividades, os seus principais objectivos, quando devem ser aplicadas, e sobretudo ligá-las à compreensão de texto. Desta forma gostaria que, se fosse possível, os senhores cederem-me alguma informação neste sentido, ficar-lhes-ia muito grata. Peço é que me enviem a informação com alguma brevidade pois tenho apenas uma semana para fazer o trabalho. Sem mais nada a acrescentar, despeço-me agradecendo o tempo dispendido. Abraços <drymiranda*aeiou.pt> Feb 15, 02

Q#453: Pós-graduação em Língua Inglesa no Brasil
Estarei fazendo o curso de pós-graduação - especialização em Língua Inglesa neste ano de 2002. Gostaria de saber mais sobre este curso, minha real habilitação e quais serão minhas perspectivas de atuação no mercado de trabalho. Cordialmente, Elton Montalvao <eltonmmont*ig.com.br> Feb 6, 02

Q#452: Passos para um mestrado no exterior
Sou formada em fisioterapia e pós graduada em fisioterapia cárdio-respiratória na Universidade Tuiuti (Curitiba-PR). Trabalho atualmente como professora do último ano do curso de fisioterapia na universidade do Vale de Itajaí - UNIVALI (SC). Pretendo fazer mestrado fora do Brasil, e gostaria de saber por onde começar? Assim como qual seria o melhor lugar na minha área, bolsas de estudos, estadia, TOEFL, e tudo o precisarei para conseguir começar esse mestrado. Entrei na página da SK, e portanto espero que possa me ajudar em algo! Espero ansiosamente uma resposta... Grata pela atenção! Karen Muriel Simon <karenmuriel*hotmail.com> Jan 27, 02

Q#451: Diferenças entre Piaget e Vygotsky
I'd like to know what's the main difference between the Vygotsky's and the Piaget's theories.
Thank you, Rodrigo Alexandre <rodrigo.alex*ig.com.br> Jan 24, 02

Q#450: How to learn Portuguese
Hello, I am an American native speaker of English who is very interested in learning Brazilian Portuguese. I have learned German and have some background in French, Italian, and Spanish, so I can already guess the content of some things in Portuguese. I have limited money, so I will be studying with what I can find online and at the library. I intend to read some of your essays online with the help of a dictionary.
Do you have any pointers for me? How does one go about learning your language? "Carrie" <afrankli*twcny.rr.com> Jan 19, 02
Are the verbs as hard as in French?
Is Portuguese pronounced the same way it's spelled?
Are adjectives placed before or after nouns or both?
Is the genitive always formed with "de" as in Spanish?
Do you have any good links to online sources for the learning of Portuguese, and more importantly, do you know of any Portuguese-speaking people who would like to make a "language swap" with me?
Thank you for your time, Carrie

Q#449: Time Magazine, Neewsweek, Speak Up e The Economist
O que vocês acham da Time Magazine e da Newsweek como material de leitura? O que é que vocês recomendam para melhorar a leitura? Elsa Kayo <arribaelsa*viavale.com.br> Jan 20, 02

Q#448: Pronúncia de "the", "won't", "want" e "were".
Gostaria de saber se há duas maneiras diferentes de se pronunciar o artigo THE, por favor me esclareçam. Também gostaria de saber com quais palavras rimam WON'T, WERE e WANT.
Gildesser <gildesser*aol.com> Jan 9, 02

Q#447: Como, afinal, aprender inglês
Parece redundante, mas já estava quase desistindo de encontrar algo satisfatório na internet quando encontrei o site de vocês. Meus Parabéns!! Não posso perder a oportunidade de pedir a ajuda que procurava.
Estudei inglês por 4 anos, o que descobri ser muito pouco para quem tem verdadeira intenção de aprender e obter fluência. Estou desesperadamente a procura de uma seqüência para meus estudos, pois não consegui me soltar na conversação justamente por insegurança. Tentei por várias vezes obter orientações junto à professora, que pudessem me auxiliar em relação a isto, mas todas as respostas eram enigmáticas, sem direcionamento, vagas, o que é desesperador para quem não quer disperdiçar 4 anos de estudo e gosta muito do inglês. Sei que 4 anos é um tempo pequeno para quem quer realmente aprender estando fora de país que tenha o idioma como lingua mãe, mas o que poderia me socorrer que não fossem mais 4 anos em outro curso na passividade e que não tivesse, além disso, um alto custo.
Me desculpe parecer meio desesperado este meu email, mas é que é tão irreal o fato de acharmos um site sério e informativo sem segundas intenções ou mercenário, que me dá medo tentar acessar amanhã e descobrir que não está mais lá.
Gostaria de outra informação: tenho uma filha de 6 anos e estou a procura de uma escola que levasse a sério o ensino da lingua inglesa de preferência acompanhada do ensino fundamental ou mesmo uma escola americana aqui no Brasil que aceitasse o ingresso de alunos brasileiros e, detalhe importante, dispusesse de bolsas de estudo ou tivesse preço acessível. Fico no aguardo de uma resposta breve e me desculpe se exagerei.
Agradeço desde já. Bete <betefreitas*uol.com.br> Jan 3, 02

Prezada Bete,

Seu dilema é o de muitos. Pena que nunca tenha recebido orientação esclarecedora de seus professores. A resposta é muito simples: fluência em línguas estrangeiras, só através de contato humano, de familiaridade com a língua, fruto de interação em situações reais de convívio. De todas as áreas de desenvolvimento humano, habilidades físicas, musicais e lingüísticas são as que mais dependem de prática e menos de teoria. A isegurança que você menciona foi provavelmente agravada pelos 4 anos de curso que enfatiza a forma correta em detrimento do ato comunicativo. Veja mais sobre isso em Estudo Formal x Assimilação Natural.

É isto que você deve procurar - participar de ambientes da língua estrangeira. Não só para você, mas principalmente para sua filha. Garanto que em menos de 4 anos estará satisfeita com o resultado. Se em sua cidade não houver nenhuma escola que funcione nos moldes de um centro de convívio e que lhe ofereça um ambiente apropriado, comece a planejar uma viagem de intercâmbio ao exterior e leve sua filha junto. Leia Inglês e Intercâmbio no Exterior e Aprendizado de Crianças e veja nossa Lista de Escolas Internacionais no Brasil.

Atenciosamente, Ricardo - EMB

PERGUNTAS & RESPOSTAS:
ÍNDICE
JULHO 2005 - DEZEMBRO 2006  |  JANEIRO - JUNHO 2005
JULHO - DEZEMBRO 2004  |  JANEIRO - JUNHO 2004
JULHO - DEZEMBRO 2003  |  ABRIL - JUNHO 2003
JANEIRO - MARÇO 2003  |  OUTUBRO - DEZEMBRO 2002
JULHO - SETEMBRO 2002  |  ABRIL - JUNHO 2002
JANEIRO - MARÇO 2002  |  OUTUBRO - DEZEMBRO 2001
JULHO - SETEMBRO 2001  |  ABRIL - JUNHO 2001
JANEIRO - MARÇO 2001  |  OUTUBRO - DEZEMBRO 2000
JULHO - SETEMBRO 2000  |  ABRIL - JUNHO 2000
JANEIRO - MARÇO 2000  |  OUTUBRO - DEZEMBRO 99
JULHO - SETEMBRO 99  |  ABRIL - JUNHO 99

JANEIRO - MARÇO  99  |  OUTUBRO - DEZEMBRO  98
JULHO - SETEMBRO  98  |  JANEIRO - JUNHO  98
MARÇO - DEZEMBRO  97  |  SETEMBRO 96 - MARÇO 97

Mande suas consultas para um dos endereços abaixo e nós responderemos com a maior brevidade possível. As perguntas interessantes, juntamente com as respostas, serão publicadas com o nome do autor.

Menu Principal   |   Mensagens Recebidas do Público
Nossa Missão   |   Nossa Equipe   |   Patrocinadores